Translate

30/12/2012

Não temer a opinião dos outros em relação a nós próprios, exige uma autoconfiança e uma certeza e uma convicção fortes. 
Desde que saiba que sou responsáveis pelo meu próprio caminho, o que eu trace. Uma criança que sonha ser poeta e cujos pais lhe dizem ''não podes ser poeta porque não leva a caminho nenhum, não vais ser ninguém, não vais singrar na vida, não vais ter futuro.'' Essa criança vai começar, logo desde muito cedo, a duvidar de si própria e possivelmente escolher um caminho que não é o seu, então começa a assentar sobre uma base, que é falsa. Como uma criança que tenha uma orientação sexual diferente, que é considerado pela sociedade, e que ouve à sua volta que o normal, e que não há outra maneira e começa a duvidar de si, a ter medo, a ter vergonha de se mostrar como realmente ela é, de ser diferente, porque a tal ditadura da normalidade é quase que imposta. Quando ela crescer, não vai puder crescer de acordo com o que há mais de profundo, e começa a fazer o que é suposto, o que esperam dela, onde é que ela vai parar? Perde o amor por si própria e perde a consistência Essa criança percebe desde cedo que a sua sexualidade não está nos padrões da sociedade e sendo imposta. Mas de desde muito cedo que sentem que são diferentes das outras, e também sentem que os pais querem alterar os seus comportamentos como por exemplo não vistas essa cor, se for um rapaz não te portes como uma menina, mas se for uma rapariga, não te portes como uma Maria rapaz.