Translate

31/07/2013

Existem dias assim...

   Dizem os físicos quânticos, que o modo como vemos o tempo é  uma ilusão. Ele não ocorre de uma maneira linear, passado e presente, na verdade não tem diferença.
 
 Todos temos boas e más memórias dos nossos entes queridos, porem também temos de aqueles que estão ao nosso redor, que são entes e de queridos não tem nada. Um dia olhamos para trás, e damos conta que boas memórias não temos, são tudo más recordações, nada sobra alem disso. Foi crescendo de indiferença, de amargura, incompreensão, de uma frieza congelante, ate os corações mais frios são incapazes de explicar os porquês.

Infeliz foi aquela criança que teve de crescer sem nada, com um pai fisicamente presente porem tudo o resto e que engloba a palavra pai foi completamente ausente.

E tudo o que queria era ser tratado como filho daquele pai,
não como um estranho...